terça-feira, 2 de dezembro de 2014

As igrejas evangélicas e o quarto 101

George Orwell, escritor do século passado, demonstrou grande talento ao oferecer ao mundo de então a sua notável obra denominada "1984". Através desta rica literatura, que posteriormente foi erigida às telas de televisores, o autor demonstrou o terror e as aflições trazidos ao mundo pelo totalitarismo.

Nesse ambiente sombrio, bem retratado na obra de Orwell, onde a pessoa humana tem as suas dignidade e personalidade subtraídas em favor do partido dominante, não há liberdade nem expressão, mas somente a opressão do Estado, que usa todo o seu poder a fim de impedir que seus súditos se libertem de sua tirania. Aqueles que descobrem a verdade e querem se libertar são logo forçados a entrar no Quarto 101, local onde não há misericórdia e nem possibilidade de fuga, onde os maiores pesadelos de seus visitantes são transformados em realidade. É nesse lugar que os rebeldes são "curados" de sua rebeldia, e onde o Estado, que se mostra à sociedade como o Grande Irmão, transmuda a sua face e se revela como realmente é: cruel e manipulador.

Muitos líderes evangélicos aderiram à ideia do Quarto 101, tornando-se verdadeiras ferramentas para escravidão de seres humanos. Esses líderes, que foram constituídos para abrir os olhos de alguns na terra, são os mesmos que tentam fechar os olhos desses poucos que conseguem por um milagre enxergar a realidade. São soberbos, infames, e não se arrependem de suas ganâncias, mas as propagam como fogo na palha, formando seguidores de todos os tipos, sem que estes saibam a podridão em que estão inseridos. Homens que corrompem a verdade e punem aqueles que os questionam. O que não sabem é que quando o Libertador erguer a sua espada de justiça, nem as raízes e nem os ramos de suas obras permanecerão.

Quanto a vós, caros leitores, não queiram pertencer a uma religião, mas a Cristo.



Você creu e entregou sua vida a Jesus Cristo?
Se você não sabe porque deve crer e obedecer ao Senhor Jesus então clique aqui.
Ajude-nos nesta batalha de levar vidas até Deus com a mensagem do Evangelho! Recomende este blog a todos os seus contatos de email, a seus amigos, vizinhos e colegas.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Cristo e o não romantismo da Cruz! A crueza da dor, do sofrimento e da morte do Filho de Deus.


Cristo e o não romantismo da Cruz!
A crueza da dor, do sofrimento e da morte do Filho de Deus.



segunda-feira, 16 de julho de 2012

sábado, 9 de junho de 2012

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...